PREFEITURA REALIZA LANÇAMENTO DO PROGRAMA SOL DE UBÁ

Através do programa, usinas solares fotovoltaicas serão implantadas no município

Nesta terça-feira (07), a Prefeitura de Ubá realizou o evento de lançamento do Programa Sol de Ubá. A iniciativa, inédita na região, visa a construção/implantação, operação, manutenção e gestão de Usinas Solares Fotovoltaicas com a finalidade de suprir a demanda energética da estrutura física do município.

Implementado por meio da Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, o Programa Sol de Ubá conta com o apoio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, através do programa “Sol de Minas”.

Prefeitura lança Programa Sol de Ubá. Através da iniciativa, inédita na região, usinas fotovoltaicas serão instaladas no município

Durante a abertura do evento, o Prefeito Edson Teixeira Filho destacou que o Programa Sol de Ubá extrapola a questão da geração de energia, pois integra os projetos de sustentabilidade do município.

“Temos uma genuína preocupação com a vida, com a sustentabilidade e com a preservação do meio ambiente para as futuras gerações. Nossa gestão trabalha pela inovação, buscando sempre o desenvolvimento econômico sustentável da cidade, promovendo ganhos ambientais e sociais. Sem dúvidas o Programa Sol de Ubá levará energia limpa aos ubaenses e será referência para diversos outros municípios da região”.

Evento contou com a presença de prefeitos de diversos municípios da região
Secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais, Fernando Passalio de Avelar, também participou do evento

“Essa implementação de usinas fotovoltaicas evidencia o compromisso do Governo de Minas em criar e apoiar a ampliação da geração de energia solar por todo estado. Por meio de incentivos fiscais, desburocratização e outras efetivas ações, estamos caminhando em busca de tornar Minas o estado mais representativo do país no que tange a energia solar, economia limpa e cuidado com o meio ambiente”, ressaltou o Secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico (SEDE) de Minas Gerais, Fernando Passalio de Avelar.

Secretário Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, Ricardo Antônio do Nascimento, destacou que o desenvolvimento sustentável é a grande marca dos projetos desenvolvidos pela Prefeitura participou do lançamento

“A atuação do programa Sol Minas tem como objetivos aumentar a capacidade instalada de geração de energia elétrica em Minas Gerais; simplificar legislações ambientais e tributárias para facilitar a atração de investimentos; capacitar prefeituras para melhorar o ambiente de negócios voltados para energia sustentável; fortalecer a cadeia produtiva da geração de energia solar fotovoltaica no estado; prospectar investimentos voltados para a energia solar e gerar empregos diretos e indiretos. Neste contexto, a Prefeitura de Ubá utilizou-se de insumos provenientes da capacitação oferecida pela SEDE aos gestores municipais e do modelo desse programa estratégico da Secretaria de Estado, como base e inspiração para o desenvolvimento de um projeto municipal”, explicou o Superintendente de Política Minerária, Energética e Logística da SEDE, Pedro Oliveira de Sena Batista

Para o Secretário Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, Ricardo Antônio do Nascimento, o crescimento econômico focado no desenvolvimento social e ambiental sustentável é a grande marca dos projetos desenvolvidos pela Prefeitura. “Atuar com sustentabilidade ambiental, social e econômica é um dos principais pilares da gestão municipal. Inspirados no modelo do Governo do Estado, vamos promover em Ubá uma iniciativa que vai impulsionar e transformar a geração energética local. Esse investimento vai garantir à população ubaense o acesso a uma política pública eficiente”, disse o secretário.

“Parabéns a Prefeitura e a cidade que vai receber essa inovadora iniciativa”, disse em vídeo o Governador Romeu Zema

“O sol é uma fonte econômica e segura de gerar energia. Esse projeto é audacioso, inovador e extremamente necessário. Nossa empresa tem enorme satisfação de atuar junto com a Prefeitura nesse empreendimento”, afirmou o Diretor da Racional Elétrica, Márcio Perini.

Estimativa é que a primeira usina entre em operação no segundo semestre de 2024

Também estiveram presentes no evento: o Diretor de Atração de Investimentos do Invest Minas, Adriano Carvalho; o Promotor de Justiça de Saúde, Dr. Rodrigo Barros; o Superintendente Regional de Saúde de Manhuaçu, Juliano Estanislau; a Superintendente Regional de Saúde de Ponte Nova, Josy Duarte Faria Fialho; a Gerente Regional de Saúde de Leopoldina, Aline Costa Resende; o Diretor da Gerência Regional de Saúde de Ubá, Frankilin Leandro Neto; o Vice-prefeito e Secretário Municipal de Saúde, Dr. Antônio Carlos Jacob; o Presidente da Câmara Municipal de Ubá, Vereador José Roberto Reis Filgueiras; o Comandante do 3º Comando Operacional do Corpo de Bombeiros Militar, Tenente Coronel Winderson Alaim Moura; o Sub-comandante do 21º Batalhão da Polícia Militar, Major Dimas Ferraz; o Comandante da Guarda Civil Municipal de Ubá, GCM Daniel Filipe de Andrade; o Presidente do Intesind, Áureo Calçado Barbosa; prefeitos de cerca de 40 municípios da região; Secretários Municipais e servidores da Prefeitura de Ubá.

PROGRAMA SOL DE UBÁ

Com o Programa Sol de Ubá, o município está investindo na geração de energia renovável, inesgotável e limpa, já que utiliza o sol como fonte primária e ajuda a conter os impactos das mudanças climáticas.

Em Ubá, a empresa detentora da concessão, determinada mediante licitação, será responsável pela exploração de até 5MW. Destes, 1,43MWP serão disponibilizados para compensação do consumo de energia elétrica nos prédios da administração pública municipal.

Um dos pontos de maior destaque é que o processo não gera custos para os cofres do município. Os terrenos, com características de baixo nível de utilização comercial, serão cedidos pela Prefeitura para instalação das usinas. A concessionária será responsável pelo emprego dos recursos técnicos e financeiros necessários à implantação, operação e manutenção dos serviços.

A primeira usina será instalada na região da Ligação (próxima ao transbordo). A estimativa é que a unidade entre em operação no segundo semestre de 2024. Outras duas usinas fotovoltaicas serão construídas em terrenos que ainda serão definidos pela administração municipal.

Assessoria da PMU : https://www.uba.mg.gov.br/

Deixe um comentário