FATOS & NOTÍCIAS

EDUCAÇÃO REALIZA LANÇAMENTO DO “CLUBE DE LEITURA”

Ação integra o Projeto “Leituras em conexão…saberes em conexão”

Na manhã da última sexta-feira (05), a Secretaria de Educação realizou, na biblioteca da E.M. Dr. José Campomizzi Filho (CAIC), o evento de lançamento do Clube de Leitura, que é uma ação do Projeto “Leituras em conexão…saberes em conexão” voltada para estudantes do Ensino Fundamental e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) da Rede Municipal de Ensino.

Durante o evento, 105 Diretores, Supervisores e Apoios Pedagógicos das escolas da Rede participaram de atividades como: contação de história, com a personagem Boneca Sophia; troca de Livros; apresentação e intercâmbio dos recursos para contação de história: cartola, saia e sombrinha literária, confeccionados por cada unidade escolar; além do recebimento de um kit com 50 livros para equipagem das Bibliotecas e Cantinhos de Leitura das escolas.

Secretaria Municipal de Educação de Ubá realizou lançamento do Clube de Leitura, uma ação do Projeto “Leituras em conexão…saberes em conexão” 

Presente no lançamento, o Prefeito Edson Teixeira Filho destacou a importância desta realização para a melhoria da educação no município. “ Durante a pandemia, mais de 600 bibliotecas municipais foram fechadas e não foram reabertas. Diante desse cenário, os projetos de incentivo à leitura e a aquisição de novos livros para as bibliotecas escolares demonstram o nosso compromisso em investir o que for necessário para que a educação ofertada pelo município faça diferença na vida das nossas crianças e proporcione um caminho de desenvolvimento e de inclusão. O prazer de ler é levado de pai para filho, mas quando isso não acontece a escola tem que incentivar. Ler faz a gente evoluir. Dá esperança, conhecimento e vontade de aprender”, disse o Prefeito.

Durante o evento, Diretores, Supervisores e Apoios Pedagógicos  apresentaram os recursos para contação de história: cartola, saia e sombrinha literária, confeccionados para as escolas da Rede

CLUBE DE LEITURA

Com foco nos estudantes do Ensino Fundamental e EJA, o Clube de Leitura é uma ação do Projeto “Leituras em conexão…saberes em conexão” que visa promover o acesso dos alunos a diversos gêneros textuais, a fim de desenvolver práticas de leitura nas dimensões lúdica e afetiva e resgatar o gosto pela leitura, contribuindo para a formação de leitores críticos e participativos, capazes de interagir em sua realidade na condição de cidadãos conscientes.

Para implantar o Clube de Leitura, o município realizou a compra de 28.500 livros de Literatura infantojuvenil.  Ao todo, cada escola receberá em média 1.500 livros, totalizando cerca de 30 exemplares de cada um dos 50 títulos diferentes adquiridos.

Com o objetivo de fortalecer o acervo literário da Rede, equipando as Bibliotecas das escolas e implantando o Clube de Leitura, o município realizou a compra de 28.500 livros de Literatura infantojuvenil. Ao todo, cada escola receberá em média, ao longo desta semana, 1.500 livros, totalizando cerca de 30 exemplares de cada um dos 50 títulos diferentes adquiridos.

“A proposta do Clube de Leitura é desenvolver em sala de aula, por meio da leitura de um exemplar específico por toda a turma, atividades de reflexões, interpretações, encenações, trabalhos artísticos e trabalhos escritos. O trabalho será desenvolvido na Biblioteca/Cantinho de Leitura através do empréstimo de livros que deverão ser lidos em casa, junto com a família, com posterior registro da leitura em caderno próprio e proposta de reconto das histórias lidas. O objetivo dessa ação é que os estudantes compreendam a importância do hábito de ler, seja por prazer, para estudar ou para se informar, fortalecendo assim o gosto e o interesse pela leitura através de temas pertinentes ao cotidiano do aprendiz, de maneira lúdica, dinâmica e interativa”, explica a Gerente da Divisão de Apoio Pedagógico da SME, Professora Débora Barros Pinto.

PROJETO “LEITURAS EM CONEXÃO…SABERES EM CONEXÃO”

Iniciado nas escolas da Rede Municipal de Ensino no mês de fevereiro, o Projeto “Leituras em conexão…saberes em conexão” visa elaborar possibilidades para despertar e resgatar o interesse dos estudantes do município pela leitura, contribuindo para a formação de leitores críticos e participativos – capazes de interagir em sua realidade na condição de cidadãos conscientes – e, consequentemente,  para a construção de uma educação de excelência.

A proposta envolve os estudantes, bem como professores, supervisores, diretores, servidores e a família, e as ações elaboradas para o segundo semestre estão divididas em duas partes: “Contos e Emoções”, voltadapara alunos da Educação Infantil, com objetivo de desenvolver o campo de experiência “o eu, o outro e o nós” e, através dos novos livros, o desenvolvimento ainda maior do campo “escuta, fala e imaginação”; e “Clube de Leitura”, focada nos estudantes do Ensino Fundamental e EJA.

Ao longo do primeiro semestre letivo, as ações do Projeto “Leituras em conexão…saberes em conexão” envolveram atividades no ambiente pedagógico, destinadas aos educadores das Escolas, como troca de livros, rede social da leitura e  murais de reflexões; no ambiente da sala de aula, voltadas para os estudantes, como  caixinha de leitura, música na leitura e literatura por meio de outras artes; no ambiente escolar, focadas nos estudantes e educadores da Escola, como cardápio de leitura, roda de leitura, leitura self service, caixinha de leitura e contação de história; e no ambiente familiar, destinadas aos estudantes e à família, como sacola da leitura, troca de leitura e reflexões leitoras sobre as leituras.

 As próximas etapas do projeto contarão com ações no âmbito escolar e familiar, a partir das seguintes temáticas: “Imaginação Conectada”, a ser realizada no mês de setembro; “Escola com sabor”, no mês de outubro; e “Festa Literária : Leituras em conexão…saberes em conexão, em novembro.

“Através da nossa proposta Leituras em conexão…saberes em conexão caminhamos para construção de uma Educação cada vez mais de melhor qualidade. A leitura promove a reflexão e favorece um raciocínio claro, assim nossos alunos podem adquirir uma posição ativa no processo de aprendizagem. Com a leitura, o senso crítico é aguçado, novas competências são desenvolvidas e a consciência é despertada, possibilitando que os estudantes se tornem cidadãos ativos perante a sociedade”, finalizou a Professora Débora Barros Pinto.

Fonte: PMU – Assessoria de comunicação.

Segue o link da PMU : https://www.uba.mg.gov.br/

Deixe um comentário